VIDEOS JUDAICOS

Loading...

Prestigie a Mídia Judaica

BB Press, De Olho na Mídia, Dvarim, glorinhacohen.com, Hebraica, Hora Israelita, Jornal Alef, Le Haim, Morashá, Mosaico na TV, netjudaica.com, Nosso Jornal, Notícias da Rua Judaica, Pletz.com, Revista Israel, Revista 18, Revista Judaica, Shalom, Shalom Brasil, Tribuna Judaica, Tropicasher, TV Tova, Visão Judaica, www.chabad.org.br

09/11/1938 - Kristallnacht 70 anos

Loading...
Documentário inédito: Kristallnacht 70 anos (A Noite das Vidraças Quebradas). produzido pelo Departamento de Comunicação da FIERJ - Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro, fruto de dois anos de pesquisas de imagens e digitalização, reunindo um número sem precedentes de imagens dos dias 9, 10 e 11 de novembro de 1938, mais de10 minutos de fotos e filmes, pemitindo ter uma nova leitura sobre o que aconteceu com nossos irmãos na Alemanha, Áustria e Tchecoslováquia. Em geral tudo o que se encontra sobre a Kristallnacht se resume a uma ou outra foto bem "batida" e algumas linhas de texto e narração, como se fora um episódio menor na história da Shoá, (Holocausto) e não a marca trágica de seu início. Mas aqui, Você verá um grande número de sinagogas atacadas, agora identificadas por nome ou localização, além de imagens impressionantes de milhares de homens judeus presos no dia 10, e a inequívoca primeira página do New York Times do dia 11 mostrando a tragédia em Viena. Uma das nossas características como povo é não permitir o esquecimento.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Nenhum país do mundo poderia aguentar 90 foguetes por dia lançados sobre a sua população.

Ano 14 | Edição 1.262 | 11 de janeiro de 2009 | Domingo

Shimon Peres, presidente israelense

“Estou orgulhoso dos soldados e de seus
comandantes que planejaram esta operação"

"O Hamas é uma organização terrorista assassina e seus membros são pessoas brutais da mais baixa categoria e usam a população civil local como escudos humanos. Estou vendo como eles usam crianças em Gaza e estou chocado: amarrando-as às bombas e usando-as como meio de guerra".

"É a primeira vez na história que um grupo tão extremista, fanático e irresponsável se apodera de um pedaço de terra e transforma-o em uma base para ataques, sem nenhuma razão conhecida ou motivo declarado. Nenhum país do mundo poderia aguentar 90 foguetes por dia lançados sobre a sua população. É inimaginável que um milhão de israelenses viva em abrigos só porque existe um grupo desequilibrado atirando contra nós".

"As pessoas estão unidas hoje em sua determinação e certeza de um modo nunca visto antes. Vimos na televisão soldados com seu equipamento entrando em Gaza: eles carregam em suas costas a história de nosso povo. Os comandantes estão avançando e, através da escuridão, estão tentando ver o futuro. Estou orgulhoso dos soldados e de seus comandantes que planejaram esta operação".

"As Forças de Defesa de Israel estão continuando a operação contra o Hamas, operação esta justificada e correta, cujo objetivo é danificar o governo do Hamas e seu braço militar, fortalecendo a dissuasão, e criando uma situação nova e mais estável de longo prazo para a periferia da Faixa de Gaza. A entrada por terra na Faixa de Gaza tem o propósito de complementar os métodos já usados através de manobras militares e para aprofundar os danos ao Hamas e sua infra-estrutura terrorista. As tropas que fazem parte da operação estão no mais alto nível de preparo e condições para sua missão, já que se prepararam para esta eventualidade durante um longo período de tempo, e passaram por um processo meticuloso de planejamento e preparo".

"O mundo no fim nos agradecerá, pois se deixarmos o Hamas ganhar, ele será incontrolável. Não queremos suas terras ou seus bens. Queremos é que nossos cidadãos possm ser livres. Nunca renunciamos o nosso desejo de paz e nossa vontade de pagar um preço por isto".

Nenhum comentário: